Guia-se Foz do Iguaçu Marketing Digital

www.fozdoiguacuguiase.com.br

Posts tagged Foz do Iguaçu

4 notes

Destino Iguaçu vai sediar 10 eventos internacionais este ano

Os eventos listados trarão pelo menos 15 mil visitantes que gerarão movimento em Foz do Iguaçu (Foto: Divulgação)

Este ano Foz do Iguaçu vai sediar 10 eventos internacionais que se encaixam dentro do regulamento da Associação Internacional de Convenções e Congressos (ICCA). Este já é um resultado das ações que vem sendo desenvolvida pela Gestão Integrada do Destino Iguaçu, que visa fortalecer a economia através do crescimento do turismo de eventos, negócios e lazer. Somente com esses 10 eventos já registrados pelo Iguassu Convention & Visitors Bureau, a cidade vai receber mais de 15 mil profissionais que viajam sempre com acompanhantes ou familiares, gerando mais diárias nos hoteis. (Da Redação com assessorias)

Filed under Foz do Iguaçu Eventos Internacionais Internacional 10

5 notes

Como fazer buscas no Google pela barra de endereços (Firefox)

Primeiramente, digite, na barra de endereços, about:config. Na tela que surge, clique em Serei cuidadoso, eu prometo!, e a tela de opções aparecerá. Na barra de buscas do topo, escreva “keyword.url” (sem aspas). Um valor com esse nome (keyword.URL) aparecerá, dê um clique duplo no valor keyword.URL, e digite isso:

http://www.google.com/search?ie=UTF-8&oe=utf-8&q=

E, por fim, caso prefira utilizar outro motor de busca, é só pegar a string da busca. No Live Search, por exemplo, faça uma busca qualquer, e da URL da página de resultados, remova o termo buscado. Caso esse apareça no meio do código, simplesmente mova para o final. Exemplo:

http://search.live.com/results.aspx?q=teste&go=&form=QBLH

Acima, temos a URL dos resultados do Live Search, numa pesquisa pela palavra teste. Como se vê, essa palavra está no meio. Basta jogá-la no fim, fazendo as devidas adaptações:

http://search.live.com/results.aspx?go=&form=QBLH&q=

Aproveitando o embalo, alguns outros motores:

Filed under Marketing Digital guia-se negócios pela internet foz do iguaçu firefox google buscador barra de endereços

1 note

Foursquare atinge 15 milhões de usuários

De acordo com os dados da ClickZ News, metade dos usuários da rede social está nos Estados Unidos

Foursquare/Wikimedia Commons

Foursquare para iPhone

Foursquare mantém um ritmo de crescimento acelerado. Em junho deste ano, a empresa contava com 10 milhões de usuários, tendo um crescimento de 50%

São Paulo - Muito provavelmente os cofundadores do Gowalla, Josh Williams e Scott Raymon, fizeram um bom negócio em venderem sua empresa e se juntarem ao Facebook.

O Foursquare, rede social baseada em geolocalização e principal concorrente do Gowalla, atingiu a marca de 15 milhões de usuários. O Gowalla possuía cerca de 2 milhões.

O número foi repassado ao site ClickZ News. De acordo com os dados, metade dos usuários da rede social está nos Estados Unidos, enquanto a outra parte é formada por usuários estrangeiros.

Além do Facebook, outras empresas, como Scvngr, Loopt e MyTown, disputam o mercado americano de redes sociais baseada em geolocalização.

Porém é o Foursquare que mantém o ritmo de crescimento mais acelerado. Em junho deste ano, a empresa contava com 10 milhões de usuários. Seis meses depois, o número cresceu 50%.

Em setembro, a empresa anunciou a marca de 1 bilhão de checkins.

Filed under Marketing Digital Foz do Iguaçu Foursquare Mídias Sociais 15 milhões

0 notes

Facebook compra Gowalla, empresa de serviço de geolocalização

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook

 .

Relatos indicam que o Facebook adquiriu a empresa de localização Gowalla. O site da CNN cita que uma fonte próxima da Gowalla confirmou a compra por uma quantia não revelada.

Gowalla é uma empresa de serviço baseado em localização, do mesmo estilo do Foursquare. O usuário utiliza o aplicativo para fazer check-in em determinados lugares com total integração social. Os funcionários da empresa irão se mudar para a sede do Facebook em Palo Alto, Califórnia.

O mais engraçado nesta notícia foi a reação do seu principal concorrente, o Foursquare em uma nota sobre a compra da Gowalla:

“Parabéns para o Josh e sua equipe em Austin. Aqui no Foursquare, nós vamos continuar focados em construir um produto maravilhoso e crescendo nossa comunidade forte de 15.000.000 usuários”

A principal razão da rede social comprar a empresa se deve a recém lançada timeline nos perfis dos usuários do Facebook, assim podendo melhorar a qualidade do serviço.

Filed under Geolocalização Foursquare Gowalla Facebook Mídias Sociais Marketing Digital Foz do Iguaçu Guia-se Negócios Pela INternet

6 notes

Nova função do Facebook ignora privacidade e expõe usuário

Espécie de mini-Facebook frenético dentro do próprio Facebook, o Ticker (Novidades, na versão em português), nova barra lateral atualizada em tempo real, pode causar imbróglios porque não obedece às configurações de privacidade do usuário, alerta o especialista em segurança Nelson Novaes Neto.

Disponível atualmente apenas para parte dos usuários, o Ticker mostra atividades dos seus amigos, como comentários que eles fizeram, recados que eles deixaram em outros murais e pessoas que eles adicionaram.

Neto observou que, mesmo se você configurar seu mural para que ele não registre suas novas amizades ou os recados que você deixa, essas informações ficam visíveis para seus contatos no Ticker.

Diogo Shiraiwa/Editoria de Arte/Folhapress

Para ilustrar a situação, Neto criou uma simulação que envolve quatro personagens o marido traído, a mulher infiel, o ex-namorado da mulher e o observador externo, que é amigo do marido e da mulher e o único com acesso ao Ticker.

Na simulação, a mulher remove o ex-namorado de sua lista de amigos depois de reclamações de seu marido.

Depois disso, ela configura seu mural para que não torne públicas suas novas amizades, readiciona o ex-namorado e deixa recados no mural dele. Sem acesso ao Ticker, o marido não fica sabendo dessas ações, mas o observador externo, amigo de ambos, as vê no Ticker e revela a traição ao marido.

A Folha conseguiu reproduzir a simulação com sucesso.

Para Neto, mudanças sensíveis, como a do Ticker, deveriam ser avisadas com clareza pelo Facebook. “Consta nos termos de uso que eles podem mudar o que quiserem, quando quiserem”, critica.

Procurado pela Folha, o Facebook afirmou que não se manifestaria sobre o assunto.

PASSARINHO AZUL

Recentemente, o Twitter inaugurou um recurso semelhante, o Activity (Atividade).

A nova aba reúne, também em tempo real, os tuítes seus e de outros usuários marcados como favoritos pelos seus contatos, os perfis que eles começaram a seguir recentemente e os seus tuítes que foram retuitados.

Nenhuma dessas informações é privada —a não ser que o usuário configure sua conta dessa forma—, mas o recurso facilita o acesso a informações que antes só se obtinham após vários cliques.

Filed under Mídias Sociais Facebook Twitter Ticker Privacidade Marketing Digital Marketing Digital em Foz do Iguaçu Foz do Iguaçu

0 notes

Marketing Digital – Tendências para 2012 

O ano que vem promete muito em termos de marketing online e as tendências do marketing online em 2012 já podem ser apontadas. O Brasil passa por um momento muito interessante nesta área com cada vez mais empresas buscando uma posição de destaque na Internet. A expansão da base de computadores nos lares brasileiros e mais recentemente o crescimento dos acessos através de dispositivos móveis coloca o marketing online como uma imposição para empresas de todos os tamanhos. Em nosso curso de marketing digital, temos percebido cada vez mais o interesse dos pequenos empresários por iniciar sua participação no marketing online, e isso certamente será uma das tendências para 2012. Por isso, é cada vez mais importante ficar atento para as tendências de 2012 para não perder o o trem do marketing online.

Principais tendências do marketing digital em 2012

Com base no que temos visto no Brasil e também em palestras e seminários dos quais tivemos oportunidade de participar no exterior, enumeramos algumas das principais tendências do marketing digital no Brasil em 2012.

SEO cada vez mais refinado

Com o aumento dos custos de links patrocinados as técnicas de SEO deverão estar mais em evidência do que nunca. Ao mesmo tempo, o Google busca cada vez mais sofisticar seu algoritmo em busca de respostas cada vez mais relevantes e atuais. A última mudança no algoritmo do Google busca exatamente isso. Em função disso, a tendência do marketing de busca em 2012 é ficar cada vez mais sofisticado com os profissionais lutando não só para conquistar boas posições nas páginas de respostas dos buscadores mas também para manter os posicionamentos já conquistados.

Aumento do custo de links patrocinados

Cada vez mais empresas buscam no marketing digital um novo canal para a divulgação de seus produtos e serviços. Com isso, a tendência para 2012 é que o custo de links patrocinados volte apresentar uma alta em relação a este ano já que o espaço continua o mesmo, mas cada vez mais anunciantes buscam anunciar neste canal. Essa tendência deve ser ainda mais sensível tendo em vista que muitas empresas não dominam as técnicas de utilização do AdWords e por isso forçam uma alta desnecessária dos preços por palavra-chave. O Google agradece.

Pequenas e médias empresas adotarão definitivamento o marketing digital

Que o marketing na Internet já era uma tendência ninguém duvidava, o problema é que muitas empresas parecem ter ignorado isso e agora estão tendo que correr atrás do tempo perdido. A presença de pequenos e médios empresários em nossos cursos sobre marketing digital é cada vez maior, disputando espaço com estudantes de marketing e publicidade que sempre foram a grande maioria nesse tipo de treinamento. A tendência é que em 2012 as pequenas empresas se rendam finalmente a mídia digital, o que deve provocar um sensível aumento da demanda por este tipo de serviço e profissionais do setor.

Presença online com mais engajamento nas mídias sociais

No rastro da revolução das mídias sociais as empresas deverão buscar cada vez mais engajamento em suas ações online. As ações de reforço de marca deverão ter uma estrutura que permita um engajamento maior do público criando uma relação de confiança entre a empresa e seu público-alvo. A tendência para o marketing nas mídias sociais em 2012 é uma busca cada vez maior por parte das empresas por um lugar de destaque em mídias simpáticas aos brasileiros como Facebook, Twitter e ainda o Orkut.

Social Media Optimization

O marketing nas redes sociais dependerá cada vez mais de conteúdo relevante e essa parece ser o maior problema para as empresas no Brasil. O marketing passivo nas redes sociais não surte mais efeito e a tendência é que o público fique cada vez mais exigente. A tendência é que o SMO venha a ganhar um status próximo ao que o SEO possui atualmente no marketing de busca. As próprias ferramentas de busca já estão utilizando o critério de relevância para ponderar as menções nas redes sociais.

Mobile Marketing em alta

Seguindo uma tendência forte no mundo inteiro, a tendência é que o marketing digital no Brasil em 2012 volte-se para o mobile marketing para atingir um público cada vez mais conectado através de dispositivos móveis como smartphones e tablets. As pesquisas apontam para uma venda recorde de smatphones neste Natal deixando criando um novo público-alvo a ser atingido. Já a redução dos preços dos tablets no ano que vem deverá deixar o mercado ainda maior.

Geolocalização

As campanhas de marketing digital baseadas em princípios de geolocalização deverão se tornar cada vez mais comuns no Brasil em função, principalmente, da expansão da base de dispositivos móveis. As empresas poderão solicitar a seus clientes autorização para o envio de mensagens quando estes estiveram dentro da sua área de atuação entre outras estratégias já bem populares lá fora e que deverão passar a serem vistas por aqui também. O sucesso do Foursquare por aqui já tem instigado a curiosidade de algumas empresas neste tipo de campanha.

E você? Deixe sua opinião sobre o que acha que deverão ser tendências do marketing online em 2012.

Filed under Marketing Digital Foz do Iguaçu Guia-se Negócios Pela Internet Mídias Sociais Tendências

4 notes

Faça uma pizza em seu iPad e coma na vida real

A Domino´s Pizza lançou um aplicativo para iPad e encontrou uma nova maneira de engajar os usuários. 

O App, que mais parece um jogo, simula a experiência do processo de produção de uma pizza. Os usuários podem fazer sua própria pizza, desde a abrir a massa até cortá-la.

Os jogadores podem competir uns contra os outros em um ranking e partilhar as suas pontuações no Facebook e no Twitter. 

Os consumidores residentes nos Estados Unidos podem experimentar suas criações fazendo o pedido da pizza através do app e recebê-lá em poucos minutos na porta de casa.

Filed under Mídias Sociais Marketing Digital Foz do Iguaçu Ipad App Pizza

0 notes

FOURSQUARE: Versão 3.4.1 para BlackBerry disponível

BlackBerry-verse: we’ve been working on some huge updates for you, just in time for Thanksgiving (and the new Twilight movie!).

Say hello to events!
Want to tell your friends which movie, concert, or sports event you’re at? With events, you can let your check-in tell them for you. We’ve partnered with MovieTickets.comSongkick, and ESPN to provide details for for tens of thousands of events, which means that not only can you check-in to specific events, you can also look up details before hand, like movie times and summaries.

Check-in details for you and your friends
Now, with our whole new check-in detail screen, your friends can see more of your adventures, like points or badges you earned, photos you took, and add comments inline. Perfect for important movie planning!

Filed under Foursquare Marketing Digital Foz do Iguaçu Mídias Sociais

0 notes

As novidades do Foursquare

As duas atualizações que prometem mudar a forma de utilização do Foursquare foram apresentadas ao público oficialmente ontem, dia 15 de novembro. Para os usuários e fãs da rede de geolocalização o feriado prolongado foi muito mais proveitoso! :D A primeira mudança foi anunciada há alguns dias, mas só foi disponibilizada ontem.

Agora as badges são divididas em três grupos principais, e não mais em dois, são eles: Foursquare (badges oferecidas pelo próprio 4sq), Partner (estas são badges de campanhas publicitárias) e o novo grupo Expertise (são badges distribuídas de acordo com seus gostos, as visitas nos estabelecimentos), por exemplo, a Fresh Brew badge que contempla os fanáticos por cafés! Essas badges tem um grande diferencial, elas terão níveis diferentes e você conseguirá aumentá-los conforme for visitando novas cafeterias, etc, se tornar o perito em café! \o/


Novos grupos de badges

Badges expertise

A principal atualização fica por conta da mudança do layout das páginas na versão web do Foursquare. Desde a página inicial até mesmo as páginas de venues, listas, badges, etc. tá tudo diferente! Agora ela é mais convidativa para que os usuários desfrutem de novos recursos que passam a fazer parte desta versão da rede social.

A primeira diferença fica por conta da barra superior presente em todas as páginas. Ela lembra bem as barras do Facebook e principalmente do Twitter. Nela existem os botões de notificações de atividades relacionadas às atividades do usuário, outro que mostra todas as atividades dos amigos, as listas que são criadas, seguidas e uma infinidade de listas recomendadas especialmente para o usuário e por fim, se você for administrador de alguma venue solicitada ao Foursquare, há um botão para especifico que leva para as métricas e criação de Specials destas venues, neste ponto não mudou muita coisa.

Na página de atividades a mudança mais impactante é o mapa que mostra a localização dos amigos e também dá dicas de lugares interessantes para serem visitados. A informação está ficando ainda mais acessível, como nos aplicativos para smartphones! Bela sacada, hein Foursquare? Mas senti a falta da lista de novos mayors da região. Eu particularmente gostava bastante de ver quem eram os novos prefeitos das venues da cidade e tentar recuperar prefeituras que eram minhas! :S Nem tudo são flores.

Nova página de atividades

Nas páginas das venues os mapas também foram mais valorizados, agora estão maiores. As fotos tiradas pelos usuários em determinado local e as categorias (aquele símbolo que marca o tipo de estabelecimento que ela representa) também estão mais visíveis. Mas a atualização que achei muito bacana foi o link direto para compartilhamento daquela venue tanto no Twitter quanto no Facebook. O trabalho de marcar aquela reunião com amigos naquele bar novo ficou muito mais fácil! ;)

Nova página de venue

Outro detalhe que achei o maior <3 é a identificação de copyright do Foursquare, ela está presente em todas as páginas, claro! Olhe só a imagem, é muito s2 :P

O Foursquare está em pleno aclive e mostra que se reinventar é o máximo! Essas são formas extremamente simples de incentivar a competição entre os usuários do jogo e ao mesmo tempo promover o uso da geolocalização e consequentemente promoverem a visita dos fanáticos por medalhas aos estabelecimentos que permitem o desbloqueio delas. É um novo gás (não poluente \o/) para o Foursquare!

Filed under Foursquare Guia-se Negócios Pela Internet Foz do Iguaçu Marketing Digital Mídias Sociais

0 notes

Faz milagre e é de graça: 3 mitos do marketing digital

De tanto ler, ver e ouvir falar, empresários e gestores passaram a acreditar em mitos que conferem poderes sobrenaturais ao marketing digital

Não é à toa que o marketing digital se tornou uma das prioridades nos investimentos em publicidade e propaganda. É uma forma prática, dinâmica e acessível para empresas de qualquer porte ou segmento promover seus negócios e manter contato com clientes e consumidores. Um bom exemplo é o Google Adwords, um canal de publicidade em que uma pessoa com algumas horas de treinamento é capaz de criar e gerenciar seu próprio anúncio de publicidade. Outro mais recente é a Like Store do Facebook, em que é possível não só divulgar, mas vender os produtos diretamente na fan page.

http://www.wfdigital.com.br/v7/images/stories/redes-sociais-marketing-digital.jpg


De tanto ler, ver e ouvir falar sobre essas aparentes facilidades, empresários e gestores passaram a acreditar em “mitos” que conferem poderes sobrenaturais ao marketing digital. Com base em experiências pessoais, vou relatar três dos mitos mais comuns.

Mito 1: É possível fazer marketing digital sem Marketing

Recentemente fui consultado para o lançamento de um novo site de compras coletivas. Ao ser apresentado ao projeto, fiquei preocupado com o fato de não haver praticamente nenhuma característica que o distinguisse de outras centenas de sites da categoria. Levantei a questão e me surpreendi com a resposta. Para os empreendedores, relevante não era ter um diferencial para se destacar dos concorrentes, mas sim uma propaganda boa o suficiente para chamar atenção e gerar tráfego.

Assim como eles, muitas outras empresas se enganam ao pensar que só publicidade é capaz de fazer de qualquer produto um sucesso. Ela pode até gerar visibilidade para a empresa ou produto por um determinado período, mas não se sustenta ao longo do tempo.

Banners, links patrocinados, ações em redes sociais, newsletters e outras iniciativas online só funcionam se fizerem parte de um mix de marketing abrangendo pesquisa de mercado e público-alvo, análise de oportunidades, definição de uma estratégia de diferenciação para o produto, política de preços, canais de venda e monitoramento dos resultados por meio de indicadores. Quanto mais este Marketing estiver estruturado, maior o potencial da publicidade realizada através do marketing digital gerar retorno efetivo.

Mito 2: Marketing digital é a solução milagrosa para meus problemas

O dono de um site de camisetas personalizadas nos procurou para saber como poderíamos ajudá-lo a alcançar seus concorrentes, que estavam “bombando” nas vendas. Antes de eu terminar de explicar como funcionava nosso trabalho ele já me questionava sobre os resultados. Na sua visão, a conta era simples: “minhas vendas não estão indo bem, então vou investir X em uma agência de marketing digital e eles vão aumentar meu faturamento em 10X”.

Isso pode até acontecer, mas não basta somente contratar a agência e esperar os resultados. Antes de mais nada, o trabalho de um profissional de marketing é compreender por que as vendas estão baixas. Quais os pontos fortes dos concorrentes, quais os pontos fracos da sua empresa e o que o cliente em potencial está procurando, de modo a estabelecer uma estratégia e um plano de ação envolvendo tanto iniciativas online quanto off-line.

No caso em particular detectamos que a loja era praticamente desconhecida, enquanto o principal concorrente era um conhecido case de loja inovadora, inclusive com várias matérias na imprensa nacional e internacional. Seu produto era de qualidade e o preço até abaixo do que a média, mas as estampas não chamavam atenção. Por outro lado, outras lojas apresentavam camisetas segmentadas de acordo com o gosto do cliente (filmes, atores, bandas de rock) ou permitiam que a própria pessoa criasse sua estampa personalizada. As vendas eram limitadas ao site, enquanto a concorrência comercializava suas camisetas em outros sites e redes de varejo.

Para alcançar o tão almejado resultado, portanto, seria necessário investir não só em publicidade mas em um reposicionamento da marca e de sua atuação no mercado, o que não estava nos planos da empresa. Ou seja, a conta não era tão simples de fechar quanto inicialmente parecia.

3. Fazer marketing digital custa uma mixaria ou sai até de graça

Uma metalúrgica interessada em fazer publicidade por meio de links patrocinados solicitou uma proposta. Fiz uma apresentação para a diretoria, explicando os detalhes de como o trabalho funcionava, o orçamento estimado para campanha e o valor do nosso trabalho de gerenciamento.

"Mas se já estamos pagando para o Google, para que pagar também a você?", foi o questionamento de um dos diretores, quase ofendido pelo fato de eu cobrar por um serviço que ele considerava gratuito. "Afinal o Google não é de graça?"

Não adiantou tentar explicar que o “investimento” era destinado a remunerar os profissionais responsáveis pelo gerenciamento da campanha. Para dizer a verdade até hoje não sei nem por que me chamaram lá, se eles mesmos podiam fazer o serviço “de graça”.

Assim como o Google, muitos sites oferecem recursos gratuitos, contribuindo para a percepção de que marketing digital é “barato” ou mesmo “na faixa”. Na verdade os sites colocam à disposição algumas ferramentas gratuitas que, utilizadas por um bom profissional, são capazes de gerar bons resultados. Nesse sentido, comparado com a propaganda em jornais, revistas ou TV, o investimento no marketing digital é muito menor.

Mesmo o caso de pequenos empresários que conseguem promover seus negócios nas redes sociais “sem gastar nada” nas redes sociais, por exemplo, na verdade investiram muito do seu tempo (um dos ativos mais valiosos de hoje) em aprender os recursos dos sites e em interagir com os clientes e consumidores.

Em vez de “barato” ou “caro”, a empresa deveria avaliar o custo-benefício das ações de marketing digital comparado às alternativas.

Os relatos acima servem de alerta para as empresas que estão investindo ou pensam em investir em marketing digital. Comparado com outras formas de publicidade e propaganda ele pode ser mais simples, ágil e apresentar custo menor, mas os resultados sempre vão depender do trabalho de profissionais (internos ou externos), dos recursos investidos e de muitos testes e avaliações.

Como os americanos costumam dizer: “no pain, no gain” (sem dor não há ganhos). O marketing digital não é exceção.

Via Portal Administradores

Filed under Marketing Digital Foz do Iguaçu Mídias Sociais Facebook Twitter Youtube Myspace Mitos Guia-se Negócios Pela Internet